O que é sucesso para você?

sucesso

Hoje eu acordei me questionando sobre o que é ser bem sucedido para mim e o que é para a maioria das pessoas. Acabou virando papo de café da manhã entre o Mano e eu e ele transformou nesse texto maravilhoso que é exatamente o que eu penso e sinto. Espero que você se identifique para, assim, conseguir refletir a respeito 😉

Existem momentos de nossas vidas que começamos a avaliar as coisas. Todas as coisas. E não estou falando de “resoluções de ano novo” (que nunca começam de verdade), mas de profundas avaliações internas, reflexões sobre nossas atitudes e sentimentos, o nosso posicionamento durante a vida. Isso geralmente ocorre em momentos de ruptura, de evolução natural ou “natoral”, sustos, baques, experiências muito fortes ou com a idade e a maturidade. Acho que o ser humano tem algum gatilho que dispara essas consolidações do meio pro fim da vida (será que a gente sente a “hora” chegando? haha).

Eu já tive vários desses momentos. Muitos. Talvez mais que a média, talvez nem tanto, mas pessoalmente me considero alguém que pensa demais em sua própria existência e na influência dela no universo e nas pessoas ao redor. E ultimamente esses pensamentos aumentaram (hmmm hora chegando?).

Uma das coisas que me cutuca desde os meus 30 anos diz respeito a realizações.Accomplishment. A tal sensação de “missão cumprida”. Ou, para muitos, a definição de “SUCESSO”.

O que é sucesso para você?

No contexto de Desenvolvimento Ágil, existe uma atividade antes de começar algum projeto chamada Inception, cujo objetivo é fazer com que todo o time tenha uma visão única do que vai ser feito (e mesmo SE vai ser feito, mas isso é papo pra outra hora). Dentre as dinâmicas realizadas, uma delas é a definição dos critérios de sucesso. O bacana nessa dinâmica é perceber que cada projeto tem seu critério de sucesso definido, mesmo dentro de um mesmo produto, mesmo cliente.

Tenho me entristecido bastante ao perceber o quanto essa definição de sucesso atualmente está pasteurizada. Tá, tudo bem, pode ser que ela já esteja assim há muito tempo e eu só tenha percebido agora, ou simplesmente a Internet facilitou essa percepção. O lance é que existe uma espécie de mola mestra ditando o sucesso pessoal e muita gente está comprando isso, buscando esse ideal e associando sua felicidade a isso. E cada vez mais cedo (mais jovens) as pessoas sedimentam esse ideal:

(Leia mais)

Fazer um comentário