A gente precisa se aproveitar também

viviane-mclean

Trabalhar em casa é uma delícia, mas não é algo fácil! Tem que ter muita disciplina para conseguir dar conta de tudo. As tarefas começam todos os dias no momento em que a gente abre os olhos pela manhã e só termina quando a gente deita na cama para dormir, principalmente depois que casamos e temos filhos. Já falei um pouco sobre isso aqui no blog outro dia. E uma coisa que eu percebi foi que no meio disso tudo acabei priorizando todas as outras coisas e me deixando completamente de lado. Não preciso dizer o quanto isso é prejudicial em diversos setores da vida. Aí eu decidi que precisava mudar isso e o quanto antes e mudei.

Todos os dias pela manhã antes de começar a fazer qualquer coisa por qualquer pessoa, tomo um banho “despertador”; hidrato a minha pele (depois publico os produtos que uso), faço um penteado nos cabelos (montei uma pasta no Pinterest com algumas inspirações para quem ainda não consegue fazer nada muito elaborado, como é o meu caso), passo uma maquiagem leve, normalmente só algo para corrigir as sobrancelhas, uma máscara nos cílios, um batonzinho nude e de vez em quando um delineador, sim, nada na pele, só quando tenho algum compromisso fora; faço todo um “tratamento” nos dentes/boca; passo um desodorante e um perfuminho leve; escolho uma roupa confortável; coloco algum acessório e estou pronta para começar o dia.

Antes eu já levantava da cama no pulo fazendo as coisas. Só tomava banho depois da academia, não cuidava da minha pele, costumo dormir com os cabelos amarrados e muitas vezes do jeito que ele acordava era como eu passava o dia, usava zero maquiagem (não que isso seja ruim, mas é legal destacar os nossos pontos bonitos, no meu caso, gosto muito dos meus olhos), escovava os dentes na correria, o desodorante que eu passava o dia era o mesmo que eu tinha passado para dormir, não usava perfume, passava o dia todo de pijama, na maioria das vezes não usava nenhum acessório, enfim.

Parece fútil esse tipo de coisa, mas é impressionante o quanto essa pequena mudança fez uma diferença enorme em minha auto estima e em minha energia para tocar o dia.

Se você se vê em um momento como esse que passei, sugiro aproveitar o final do ano para refletir sobre o assunto e experimentar  incluir esse tempinho para você em seu dia a dia antes de começar as suas tarefas. Não precisa fazer tudo o que eu faço. Escolhe uma coisa, duas, mais coisas que eu escolhi se você conseguir e quiser, o importante é caminhar um pouco mais em direção à você mesma, sabe?

As tarefas não acabam. A vida passa depressa demais. A gente precisa se aproveitar também.

Fazer um comentário