Alguns sentem a chuva, outros apenas se molham

E assim passei a me questionar: eu tenho sentido a chuva ou apenas me molhado?

Afinal, o que é estar molhado se não conseguir viver profundamente todos os sentimentos, sejam de dor ou de amor?

Acho corajoso o ato de se “molhar”. De chegar ao estado de chorar de alívio quando já não há mais espaço para a dor. De beijar um beijo apaixonado na frente de desconhecidos quando transborda de amor. De deixar de dormir enquanto o outro dorme por puro zêlo. De esperar pelo próximo encontro como se fosse o primeiro. De sorrir ao telefone só por ouvir aquela voz que tanto esperou.

Se molhar, assim penso, é viver intensamente cada momento, cada pessoa, cada vez mais o simples fato de ser você.

Érika Fricke é recém casada e mamãe, consultora de marketing digital, dona da Odorica Digital e de um coração que só conhecendo para crer <3

2 Comment

  1. Que linda, gentil e Vivi 🙂 Gratidão por compartilhar meus pensamentos. Amo você!

    1. Te amo! <3

Fazer um comentário