O que eu quero para você

Tirei essa foto agora há pouco e fiquei pensando… Parece que vou me importando menos com certas coisas conforme vou ficando mais velha. Eu achava que fosse ser completamente o contrário.

Maquiagem. Não saía na porta de casa sem. Nunca esqueço duas situações. Uma foi um primo que me via sempre e não me reconheceu quando me viu sem maquiagem. Outra foi uma tia que perguntou se eu estava doente. Achei bizarro e a vontade foi nunca mais sair sem maquiagem nem da cama rs

Hoje me sinto bem bonita de rosto limpo e uso maquiagem quando quero, não por achar necessário. Estou tão nem aí que a única coisa que uso no rosto todo dia é água e sabonete. Um hidratante nesse frio cairia bem e filtro solar, né? Mas confesso que começo a usar uma semana, na outra já não uso direito mais.

Também já me importei demais com meu corpo mesmo quando ele não tinha nenhuma marca do tempo e de coisas que vivi.

Já chorei inúmeras vezes na frente do espelho, já me magoei com pessoas, tomei remédios pra engordar, comia mais mesmo sem vontade, REZAVA literalmente para atingir um peso específico, usava as meias de lã mais grossas que eu encontrasse por aí, no calor que fosse, por baixo das minhas calças que era para (me) dar a falsa impressão de que eu tinha mais corpo do que eu realmente tinha, passei parte da adolescência sem usar saia e short, enfim.

Hoje não me importo mais com absolutamente nada relacionado ao meu corpo no sentido de “preciso melhorar isso senão não serei feliz”, inclusive acho bacana lembrar de onde vem cada marca dele. Lembro quando fui pra praia pela primeira vez com meu (único) ex. Fiquei sentada o tempo todo morrendo de vergonha. E pra me despir na frente dele quando transamos pela primeira vez? Misericórdia! Parecia que eu ia morrer.

Hoje não estou nem aí de me despir para ninguém, na frente de ninguém, para ir a qualquer lugar. Sou o que sou, não sofro uma grama por nada e não estou nem aí para qualquer comentário.

Faço várias coisas? De vez em quando faço sim! Mas todas são por querer e poder. Simples assim. Me aceito.

E o que quero para você é isso. Que você seja você e seja feliz assim. Não entre na pilha de ninguém e nem acredite em fotos 😉

Fazer um comentário